Artigos

Studio Pilates

Pilates em Curitiba

no Coração do Ecoville, rua Paulo Gorski, 861

 

Os exercícios são definidos de acordo com a necessidade de cada pessoa, durante a avaliação que é realizada gratuitamente a Fisioterapeuta irá identificar quais exercícios são mais indicados para você.

Como a quantidade de exercícios no Pilates com aparelhos é muito grande, o paciente irá repetir muito poucos exercícios, em toda aula ele fará pelo menos um exercício novo.

A medida em que a pessoa evolui, a dificuldade dos exercício também irá aumentar, proporcionando assim uma evolução constante.

Em pouco tempo você irá perceber melhora no alongamento, força e resistência.

Para os casos de tratamento de dores nas costas por exemplo, o paciente irá perceber a diminuição nas dores em poucas semanas.

E com o trabalho contínuo poderá se livrar definitivamente das dores.

Por isso a avaliação realizada pela Fisioterapeuta é tão importante, agende sua aula experimental e faça uma avaliação gratuita.

Entre em contato conosco clique aqui.

Se preferir ligue : whatsapp-pilates-curitiba 041999632665 .

O Studio Pilates Curitiba fica no Ecoville, e tralha com Pilates em Curitiba a mais de 10 anos.

As seções tem a duração de 50 minutos e são atendidos no máximo 2 dois pacientes ao mesmo tempo.

Acompanhe nossa página no Facebook e acompanhe as novidades e dicas de exercícios: https://business.facebook.com/studiopilatescuritiba

 

Low Pressure Fitness

Técnica da Barriga Negativa

Low Pressure Fitness é um novo método, mais conhecido  como a técnica  da barriga negativa.
LPF é o método  onde o profissional LICENCIADO, apto para essa função, orienta e ensina o seu paciente (aluno) a realizar a técnica corretamente.
A técnica  consiste  em uma diminuição da pressão  intra-abdominal e intrapélvica e a  reprogramação da musculatura abdominal por uma ativação  efetiva nas fibras  vermelhas dos músculos profundos do abdômen e toda essa reprogramação resulta da redução significativa de medidas!

Nas imagens a seguir você pode verificar o resultado obtido em poucas seções:

Técnica da Barriga Negativa

Evolução com apenas 4 seções de LPF

Neste exemplo a paciente conseguiu uma redução de 5cm de cintura e 5 cm de abdome com apenas 4 seções da técnica Low Pressure Fitness e realizando a prática diária de 5 minutos em casa.

A Fisioterapeuta Mayra Azevedo é uma profissional licenciada e habilitada para ensinar a técnica da Barriga Negativa e já atendeu diversas pacientes que tiveram resultados expressivos em pouco tempo.

Quer saber mais sobre a técnica e conhecer mais do método que está virando febre no Brasil?

Ligue agora e saiba mais: whatsapp-pilates-curitiba 041996562525 .

 

Método Pilates

O Método Pilates

O Studio Pilates Curitiba trabalha com o método Pilates a mais de 10 anos no Ecoville, esta experiência nos permite lhe proporcionar um atendimento diferenciado, com qualidade, segurança e  resultado.

    Definição do método: Sistema de movimentos que utiliza a conexão corpo e mente, visando o reequilíbrio do organismo através da percepção corporal.

   Respiração: a respiração profunda durante os exercícios de Pilates é solicitada para complementar o fortalecimento abdominal, melhorar a execução do movimento e aumentar a capacidade respiratória.

   Consciência corporal: O Pilates estimula a correção da postura e combate  os vícios posturais que trazem dor e mau estar, como dor lombar, dor na região cervical entre outros.

   Contração Abdominal: Durante a aula de Pilates trabalha-se muito, a musculatura abdominal, tanto superficial quanto profunda.

Este é o diferencial do método Pilates, pois além de tonificar o abdômen, estabiliza a coluna, minimizando as dores nas costas decorrentes da falta de sustentação do corpo, falta de alongamento e postura corporal incorreta.

Se você quer mais qualidade de vida, disposição, sem dores nas costas este é o método mais indicado para você.

Acompanhe mais sobre o método Pilates em nossa página no facebook https://business.facebook.com/studiopilatescuritiba.

Ligue e agende uma aula experimental gratuita e ganhe uma avaliação, ligue agora mesmo  whatsapp-pilates-curitiba 041999632665 .

Conheça nossos profissionais: Profissionais especializados em Pilates.

Studio Pilates Curitiba – Rua: Pualo Gorski, 861 Salas 01 e 05 – Mossunguê  (Ecoville) – Curitiba – PR

 

Dicas para tratar Hérnia de Disco

Hérnia de Disco, o que é? Como tratar e prevenir?

 

Hoje decidi postar novamente um artigo que escrevi em 2012 no antigo blog do Studio.

Iremos falar um pouco sobre hérnia de disco, o que é hérnia de disco, qual é o melhor tratamento e o que podemos fazer para prevenir, além de discas para tratar hernia de disco.

A prática do Pilates ajuda a prevenir e a tratar este tipo de patologia, mas além dos exercícios de Pilates você também pode fazer exercícios em casa e corrigir a postura  para prevenir e ter uma vida mais saudável com estas dicas.

 

O que é Hérnia de disco?

 

A coluna humana é composta por vértebras e discos intervertebrais. Esse disco que fica entre uma vértebra e outra é composto por um anel fibroso que é a parte externa e por um núcleo pulposo que é a parte interna ( gelatinoso).

Quando ocorre uma diminuição do espaço entre uma vértebra e outra, acontece o que chamamos de degeneração discal, onde o disco fica comprimido pela aproximação das vértebras.

Quando essa diminuição de espaço aumenta, acontece o que se chama de protusão discal, esse disco é deformado devido a má distribuição de peso sobre a vértebra, formando uma protusão sendo essa posterior, anterior, ou lateral.

Quando essa degeneração aumenta ainda mais, ocorre o que chamamos de hérnia extrusa, onde o disco é tão comprimido a ponto de herniar (sair) para fora do espaço vertebral, ocorrendo na maioria dos casos o famoso “pinçamento”,

Onde o disco extrusado pinça o nervo que passa ao lado ou próximo das vértebras em questão, podendo ocorrer nessa fase a ciatalgia ( dor em função do pinçamento do nervo ciático), dores nas pernas, amortecimentos, formigamentos, perda de sensibilidade.

Dependendo da área da coluna onde acontece a hernia, esses sintomas podem estar presentes também nos membros superiores.

Quando a pressão sobre o disco é ainda maior, acontece o rompimento do anel fibroso ( que recobre o núcleo pulposo) onde o líquido gelatino ( parte interna do disco ) estravaza (sai) para fora do núcleo, causando comprometimentos nervosos, sendo então necessário cirurgia para recuperação.

 

Tipos de Hérnia de Disco

Tipos de Hérnia de Disco

 

Você pode entender o desenvolvimento dessas fases da hérnia no neste vídeo, basta clicar sobre o link que você será redirecionado para o vídeo no Youtube:  http://www.youtube.com/watch?v=O0Lz8kwhA7A.

 

Dicas para tratar Hernia de Disco

 

O tratamento pode ser cirúrgico ou não e quem irá definir a abordagem é o médico ortopedista.

Quando houver necessidade de intervenção cirúrgica e após a liberação do médico, o paciente iniciará o tratamento com fisioterapia e/ou Pilates.

O tratamento não cirúrgico para degeneração ou para hernia de disco pode ser realizado de várias formas…

dependendo da fase da hérnia, com alongamento, tanto da região lombar como dos membros inferiores, com fortalecimento da região abdominal além da correção postural.

 

A musculatura abdominal é a responsável por estabilizar a região lombar, se o abdome estiver fortalecido, o mesmo “segura” a região lombar em sua posição correta, impedindo a diminuição de espaços anteriormente e posteriormente.

 

No artigo sobre os Benefícios da contração abdominal você pode saber mais sobre como preparar o abdome para proteger sua coluna.

 

O alongamento da região lombar e dos membros inferiores é muito importante devido a sua anatomia.

Os músculos posteriores das pernas (isquiotibiais) tem sua origem e seu final no quadril e na tíbia ( osso da perna),

Se esses músculos estiverem encurtados, vão tracionar o quadril, provocando um aumento na lordose lombar, levando por consequência a uma diminuição de espaço vertebral posterior, causando com o tempo a hernia de disco lombar posterior.

 

alongamento lombar

alongamento lombar

 

 

A correção postural ( inclusa no tratamento da hérnia de disco) começa em observarmos e corrigimos a forma como sentamos, deitamos, levantamos e agachamos.

No Pilates além dos exercícios para fortalecer a musculatura e alongar os músculos a fisioterapeuta também orienta o paciente sobre os melhores hábitos para correção postural como nos exemplos abaixo.

 

Dicas para correção Postural

 

Quando estamos sentados, nossa coluna deve ter um encosto de cadeira, levemente inclinado, com apoio de braços, deixando a coluna reta e com peso distribuído igualmente sobre as vértebras.

 

Posição ao usar computador

Posição ao usar computador

 

 

A forma de levantar corretamente é apoiar uma das mãos sobre a cama, colocar as pernas para frente e então levantar.

Para deitar você deve sentar, inclinar o corpo para deitar de lado, flexionando os joelhos, colocando uma almofada ou travesseiro entre os joelhos.

 

Posição correta ao deitar

Posição correta ao deitar

 

 

Para levantar pesos do chão, devemos agachar corretamente, dobrando os joelhos, segurando o peso, e ao erguer o peso estender os joelhos, sem movimentar a coluna.

Forma correta de levantar peso

Forma correta de levantar peso

 

Posição certa e errada ao levantar peso

Posição certa e errada ao levantar peso

 

Esses movimentos básicos do dia-a-dia influenciam muito na melhora da postura, diminuindo dores na coluna e diminuindo a possibilidade de desenvolver uma hérnia de disco.

É sempre bom lembrar!

Caso você suspeite que esteja com hérnia de disco ou outra patologia de coluna é indispensável consultar um médico ortopedista para o correto diagnóstico e encaminhamento ao tratamento correto com fisioterapia ou Pilates.

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais

é proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

Gostou do artigo? Curta nossa página no Facebook (clique aqui) e compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais, obrigado!

 

[custom-facebook-feed]

Lesão no joelho em Ligamento Cruzado

Lesão de Ligamento Cruzado no joelho

 

 

Essa lesão é muito comum em jogadores de futebol e é causada por uma tensão muito forte em algum dos ligamentos do joelho.

Temos dois ligamentos cruzados em nosso joelho, o ligamento anterior e o ligamento posterior.

O Ligamento cruzado anterior é responsável pela estabilidade e por impedir nossa perna de se deslocar para frente.

O Ligamento cruzado Posterior, também é responsável pela estabilidade e por impedir o deslocamento da perna para trás.
O movimento mais comum em que se rompe um Ligamento Cruzado, é quando se fixa o pé no chão e faz uma rotação do joelho, e colocamos uma carga no ligamento e o “torcemos”, causando sua ruptura o que é chamado de lesão de ligamento cruzado do joelho.

 

Ligamentos do joelho

Ligamentos do joelho

 

Quando temos uma ruptura de algum desses ligamentos do joelho, ficamos com o joelho bem instável,

com a sensação de insegurança ao caminhar, principalmente em descer ou subir escadas, no primeiro instante após a ruptura ocorre um inchaço (edema local) , dor e podendo ocorrer um vermelhidão local também em função dos pequenos vasos circulatórios que temos na região.

 

O que se indica nesse caso é colocar gelo no local imediatamente, para diminuir o edema, imobilizar o joelho, e procurar um médico ortopedista, pois no rompimento de Ligamento o tratamento geralmente será feito com cirurgia e fisioterapia.

Tratamento pós Cirúrgico

Após a cirurgia e encaminhamento do médico ortopedista, o tratamento fisioterapêutico será realizado para retomar o movimento normal do joelho (amplitude de movimento) , anti-inflamatórios com ultra-som e analgesia com TENS, com alguns dias e o ganho de movimento estando normal…

Trabalha-se com fortalecimento da musculatura da perna e da coxa, e todas as musculaturas que envolvem o joelho, descarga de peso na perna lesionada, treino de equilíbrio em que se proporciona uma certa instabilidade na perna para trabalhar com todos os ligamentos inclusive o que foi lesionado,

ao final o paciente já estará treinando em bicicleta e esteira, podendo voltar as suas atividades normais em média dois meses após a cirurgia, sempre seguindo a orientação do médico ortopedista e do fisioterapeuta.

Para prevenir esse tipo de lesão devemos evitar SEMPRE o movimento de torção do joelho com o pé travado ao chão, e sempre fazer exercícios de fortalecimento da musculatura da coxa e da perna, junto com trabalho de instabilidade como por exemplo: andar em terreno irregular ou exercícios de Pilates.

Exercício de Pilates equilíbrio e instabilidade

Exercício de Pilates para equilíbrio e instabilidade

 

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

Gostou do artigo? Curta nossa página no Facebook (clique aqui) e compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais, obrigado!

[custom-facebook-feed]

Dicas para aliviar e evitar a dor no pescoço

Dicas de postura e exercícios para aliviar e evitar a dor no pescoço

A região cervical é uma das mais afetadas nos dias atuais em função do uso do computador.

A má postura em frente ao monitor é uma das principais causas de dores na região cervical, a tensão provocada pela má postura, leva a uma contratura da musculatura do pescoço, principalmente dos músculos conhecidos como Trapézio e Escaleno.

A contratura constante dessa região pode levar a uma diminuição do espaço entre as vértebras cervicais e causar uma futura hérnia de disco e por este motivo falamos que uma postura correta é a melhor prevenção de dores e patologias da coluna.

Postura

Podemos melhorar nossa postura nas tarefas do dia-a-dia e consequentemente diminuir a dor no pescoço com simples correções posturais e exercícios de alongamento e fortalecimento muscular, veja a seguir:

1. Para dormir a altura do travesseiro tem que ser adequada para que o pescoço se mantenha alinhado, não pode ficar com a cabeça abaixo da linha do ambro nem acima.

Posição correta ao dormir

Posição correta ao dormir

2. Quando vamos nos abaixar para levantar algo do chão, sempre devemos manter a coluna reta, para isso dobramos os joelho e mantemos toda a coluna desde a cervical até a lombar alinhada.

Postura correta ao levantar peso

Postura correta ao levantar peso

3. Quando estamos sentados em frente ao monitor, o correto é a coluna estar toda encostada no encosto da cadeira, o monitor deve estar a altura dos olhos para que o pescoço não fique nem inclinado para frente nem inclinado para trás.

Postura correta ao utilizar o computador

Postura correta ao utilizar o computador

4. Ao fazer os serviços de casa, como nos exemplos a seguir como por exemplo passar roupa: a tábua de passar deve estar alta o suficiente para que você não fique com a coluna curvada, ao escovar os dentes, devemos semi-flexionar os joelhos e manter a coluna reta, ao varrer ou passar aspirador, o cabo deve ser comprido para que não flexione o tronco para frente e mantenha a coluna alinhada.

Postura correta ao realizar tarefas diárias

Postura correta ao realizar tarefas diárias

5. Quando atendemos o telefone, nunca devemos ficar com o mesmo no ouvido sendo segurado pelo ombro como na imagem a seguir, o correto é segurar o fone com uma das mãos para que os ombros não fiquem elevados e tensionem o músculo do pescoço.

 

Postura correta ao utilizar o telefone

Esquerda postura incorreta e direita postura corruta ao utilizar o telefone

A seguir alguns exercícios de alongamento e fortalecimento da musculatura do pescoço:

1. Alongamento do pescoço: Na posição sentada no chão ou em uma cadeira, incline a cabeça para para o lado esquerdo, até sentir “puxar” o músculo do lado direito, mantenha por 15 segundos, retorne lentamente para o centro e repita o mesmo para o lado direito, repita o movimento por 5 vezes cada lado.

Depois incline a cabeça para frente até sentir alongar a região de trás, mantenha por 15 segundos, retorne lentamente e faça o mesmo inclinando a cabeça para trás, repetindo o mesmo movimento 5 vezes para frente e cinco vezes para trás.

Exercícios para o pescoço

Exercícios para alongamento do pescoço

Fortalecimento

2. Fortalecimento do pescoço: Com a mão direita apoiada na cabeça, segurando contra o movimento você vai fazer força como se fosse empurrar sua mão para tentar inclinar a cabeça para a direita, mantém o movimento por 10 segundos, relaxa, e repete por 5 vezes, depois do lado esquerdo.

Após fazer para os dois lados vamos fazer para frente e para trás, como na imagem a seguir, você segura com as duas mãos apoiadas na testa, e faz força para inclinar a cabeça para frente, mantém por 10 segundos, relaxa, e repete por 5 vezes, depois com as mãos apoiadas na parte de trás da cabeça, vai fazer força como se fosse inclinar a cabeça para trás, mantém por 10 segundos, repete 5 vezes.

 

Exercícios para fortalecimento do pescoço

Exercícios para fortalecimento do pescoço

Com essas dicas de postura correta no seu dia-a-dia e esses simples exercícios de alongamento e fortalecimento suas dores no pescoço (cervicais) tendem a diminuir bastante e ou até mesmo sumirem, caso o seu estágio de dor seja muito avançado em função de uma hérnia de disco por exemplo, você pode seguir as dicas de correção postural, mas no caso dos exercícios procure antes uma orientação profissional, para que o quadro não seja agravado por um movimento feito incorretamente.

 

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

Gostou do artigo? Curta nossa página no Facebook (clique aqui) e compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais, obrigado!

[custom-facebook-feed]

Pilates para as Gestante 7 Dicas de exercícios

Pilates para Gestantes: 7 Dicas de Exercícios para fazer em casa ou no Studio de Pilates

 

             A atividade física no período gestacional, quando a gravidez não tem nenhum risco ou nenhum agravante é muito importante para manter uma boa qualidade de vida durante o período da gravidez.

              No Pilates para gestantes, trabalhamos muito com o alongamento e fortalecimento de membros superiores e membros inferiores, juntamente com um trabalho de fortalecimento do assoalho pélvico (região do quadril), esta musculatura é muito utilizada e é importante no momento do trabalho de parto.

            Alongamento: exercícios de alongamento ajudam a retirar a tensão dos músculos e evitar contraturas, pois no final da gestação o quadril esta alargando e os ligamentos ficam mais “frouxos” para que os ossos possam ter o movimento necessário durante o trabalho de parto, com o alongamento as dores nesse período ficam menos intensas.

        Fortalecimento: o fortalecimento é muito importante para preparar o músculo para uma sobrecarga maior, pois durante a gestação a mamãe está carregando seu bebê que está ganhando peso, e isso vai pressionando as costas e pés da futura mamãe e pode causar desconforto e dores que são amenizadas e até mesmo evitadas com o trabalho de fortalecimento.

A seguir apresentamos alguns exercícios para gestantes que podem ser realizados em casa:

         1.   Deitada, com uma perna estendida, segurar com as duas mãos ATRÁS do joelho, puxando a perna em direção ao peito, segure por 15 segundos, volte lentamente a perna até encostar o pé no chão e depois repete o movimento com o outro lado, repetir por 3 vezes cada lado.

Exercício Gestante

Exercício Gestantes Pilates joelho dobrado

 

            2.    Também deitada, com uma perna flexionada, segure atrás do joelho e puxa a perna, estendida até a altura que conseguir, segure por 15 segundos, volte lentamente a perna até encostar o pé no chão e depois repete o movimento com o outro lado, repetir por 3 vezes cada lado.

Exercício Gestante

Exercício Gestantes Pilates perna esticada

 

              3.    Apoiada em quatro apoios  (de joelho e com as duas mãos apoiadas no chão) relaxe a coluna, como se fosse empurrar a barriga para baixo, conte até 10, depois puxe a barriga para dentro como se fosse empurrar ela para cima, curvando a coluna, conte até 10 novamente, sente devagar e repita esse movimento por 5 vezes.

          4.    Sentada com as pernas retas e afastadas, apoie as duas mãos no chão e tente ir descendo lentamente até seu limite, mantenha por 10 segundos, volta lentamente, repita por 5 vezes.

Exercício Pilates para gestante

Exercício 3 e 4 Pilates para gestante

 

Os exercícios para gestantes a seguir são realizados no Studio de Pilates para Gestantes sempre com acompanhamento do especialista:

 

           5.   Esse exercício é excelente para fortalecer as pernas, com movimentos alternados de perna, controlando a respiração, indo contra a resistência das molas para fortalecer a parte posterior e interna de coxa, o aparelho Reforme é bastante utilizado nas aulas de Pilates.

Indicações Pilates

Exercício Pilates para gestantes aparelho Reformer

 

               6.   Esse exercício trabalha o fortalecimento dos braços, parte anterior (bíceps), com movimentos que acompanham a respiração, técnica de controle da respiração que é um dos segredos do Método Pilates.

Exercícios Pilates Gestantes aparelho Wall Unit

Exercícios Pilates para gestantes aparelho Wall Unit

 

                 7. Esse exercício é realizado para alongamento das pernas, descendo com as pernas retas, e voltando até alinhar a coluna, sempre controlando a respiração. O alongamento é muito importante durante a gestação e no Pilates isto é bastante explorado.

Exercícios Pilates para gestantes aparelho Step Chair

Exercícios Pilates para gestantes aparelho Step Chair

 

É sempre importante Lembrar!

       Consulte seu médico para saber quando você poderá iniciar atividade física durante a gestação, nos primeiros meses da gestação o médico pode restringir a atividade física para sua saúde e do seu bebê, após a liberação de seu médico, exercícios regulares como o Pilates ajudarão a ter uma gestação tranquilha e muito saudável.

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

Gostou do artigo? Curta nossa página no Facebook (clique aqui) e compartilhe o conteúdo com seus amigos nas redes sociais, obrigado!

Dor Lombar 3 dicas de exercícios reduzir as dores

3 dicas de exercícios para reduzir a dor na lombar!

 

     Dores nas costas é a queixa mais comum de pacientes que procuram pelo Pilates, dentre as dores a que mais é relatada é a Lombalgia, dor na região lombar da coluna.

     Essa algia (dor) pode vir por vários motivos, pode ser por simples falta de alongamento e fortalecimento dos músculos específicos, pode ser por uma inflação muscular, uma contratura, uma diminuição do espaço entre as vértebras da coluna, uma hérnia de disco, ou uma má postura.

     Para todas as situações citadas acima um dos pontos chave do tratamento consiste em exercícios de alongamento dos músculos do corpo todo, principalmente dos membros inferiores.

     Além de exercícios de alongamento, o fortalecimento abdominal é de extrema importância, pois os músculos do abdômen é que dão estabilidade para a região lombar, no artigo anterior falamos sobre a contração abdominal essencial para o fortalecimento abdominal e proteção da coluna, para ler clique aqui.

     Para o tratamento da lombalgia no Pilates são feitos exercícios de correção postural juntamente com o alongamento e fortalecimento, e passadas orientações de postura correta para a pessoa em situações do dia-a-dia, como por exemplo trabalhar com a postura correta, assistir televisão na posição certa, mexer no celular, no computador, enfim varias situações comuns no seu dia a dia e que você possa estar com a postura errada e causar dores nas costas.

A seguir vamos mostrar três exercícios simples para se fazer em casa em casos de dor lombar, lembrando que sempre que tiver uma dor assim é preciso procurar um profissional para diagnostico preciso e tratamento correto.

Fortalecimento

 1. Fortalecimento Abdominal: Deitado com as pernas flexionadas, levantar um pouco o tronco do chão, puxar o ar e quando for soltar o ar voltar o tronco devagar até encostar no chão, repetir por 5 vezes, descansar um pouco e repetir mais 5 vezes, fazer até 3 vezes ao dia.

Fortalecimento abdominal

Fortalecimento abdominal

Alongamento

        2. Alongamento dos membros inferiores:

⦁ Deitado no chão, flexionar os joelhos e puxá-los em direção ao peito, segurar por 10 segundos e voltar devagar as pernas até apoiar os pés no chão, sempre mantendo os joelhos flexionados, repetir 5 vezes, 3 vezes ao dia.

⦁ Na posição sentada, com as pernas o mais retas que conseguir, tentar colocar a ponta dos dedos da mão na ponta dos dedos do pé, ou o mais próximo que conseguir, manter por 10 segundos e voltar a coluna até a posição reta, repetir 5 vezes, 3 vezes ao dia.

⦁ Na posição em pé, apoiar uma das mãos na parede e com a outra mão segure o pé, flexionando o joelho, mantém por 10 segundos, solta , repete o mesmo com a outra perna, fazendo 3 vezes cada perna, 3 vezes ao dia.

Alongamento

Alongamento membros inferiores

 

     3. Fortalecimento de glúteos: Na posição deitada, joelhos flexionados, comece a levantar o quadril do chão levemente, subindo aos poucos até o limite, chegando no seu limite mantenha a posição por 10 segundos, ai comece a descer o quadril levemente, até apoiar todo o bumbum, descanse e repita por 5 vezes, 3 vezes ao dia.

Fortalecimento glúteos

Fortalecimento glúteos

     Esses são alguns exercícios simples, que você pode fazer em casa caso sinta dor lombar, estes exercícios com o tempo devem ser aprimorados, para continuar o ganho de alongamento e de força, pois após um tempo o organismo se acostuma, e acaba apenas mantendo e não ganhando o alongamento e a força necessários para estabilização da coluna e eliminação das dores.

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

[custom-facebook-feed]

Benefícios da contração abdominal na prática do Pilates e para sua saúde

Contração abdominal na prática do Pilates

Benefícios deste movimento na sua Saúde e alívio da dor nas costas

          A contração abdominal auxilia no ganho de força e resistência dos músculos que formam o nosso abdômen, como nos referimos nas aulas de Pilates “Power House” ou centro de força.

          Os músculos desse centro podem ser diferenciados pela sua ação e são eles: os dinâmicos, responsáveis pelo movimento, e os estáticos, responsáveis pela estabilidade.

          Os músculos dinâmicos é que fazem a flexão do tronco, ou seja, o movimento de subir o tronco aproximando a cabeça dos membros inferiores, conhecidos como: reto abdominal, oblíquos interno e externo.

Músculos

Músculos

Estático

           O músculo estático conhecido como transverso do abdômen, é o de maior importância quando se fala em contração abdominal para estabilizar a coluna.

            No fortalecimento abdominal, trabalhamos com todos esses músculos, muitas vezes dando ênfase a musculatura estática, para diminuição de dores lombares e melhora da percepção corporal .

            Uma musculatura abdominal forte, é como o pilar de uma construção, é a base para que a estrutura não desmorone, ou seja, se a musculatura do abdômen estiver fortalecida, a região lombar ficará estável, com sua curvatura preservada, alinhada e mantendo suas estruturas íntegras, sem alterações patológicas e evitando a dor nas costas.

            Além do fortalecimento, é necessário todo um conjunto de exercícios do corpo em geral, principalmente de alongamentos, para que o resultado do fortalecimento seja totalmente eficaz.

           Um simples exercício para fortalecer a região abdominal consiste em você deitar, com os joelhos flexionados, tronco alinhado e “encolher” a barriga, tentando “puxar para dentro”, fazendo isso tanto no movimento de puxar o ar quanto no de soltar o ar, manter essa contração por cinco movimentos respiratórios , ai descansar, depois repetir novamente por 5 vezes.

          Esse exercício é simples e é importante para que a pessoa entenda o que significa contrair o abdômen, para que nos próximos exercícios que falaremos futuramente, ela saiba que enquanto se realiza um abdominal, o músculo não pode “saltar” para fora, tem que ficar contraído, para que a sua lombar esteja “segura” durante o exercício. Vamos praticar para logo partirmos para exercícios de maior resistência!

contração abdômen

contração abdominal 

 

 

Autora: Dra. Simone Schuler R. da Silva

Empreendedora e Fisioterapeuta com especialização em Pilates e Exercícios Funcionais é proprietária do Studio Pilates Curitiba e possui curso de formação em Pilates Avançado em Patologias de Coluna e Pilates com Aparelhos.

www.pilatescuritiba.com.br

[custom-facebook-feed]